Marketing para concessionárias: 5 dicas para aumentar as vendas

image

A cada dia que passa, o setor automotivo se reafirma como um dos segmentos mais competitivos da economia nacional. Afinal de contas, os lojistas precisam de constante atualização, acompanhando as tendências do mercado e os novos interesses dos consumidores. Pensando nisso, elaboramos este post especial sobre o marketing para concessionárias.

O objetivo é que você encontre neste artigo uma série de estratégias que possam alavancar os resultados da loja, conquistando o destaque regional e se sobrepondo aos seus concorrentes. Portanto, não perca a chance de se diferenciar no mercado e acompanhe esta leitura!

O impacto do marketing no setor automotivo

Hoje em dia, o mercado está mergulhado em uma era digital — e aceitar isso é a melhor maneira de ampliar as suas oportunidades! Como exemplo, podemos destacar a estatística levantada pelo hub We Are Social, que apontou que o brasileiro passa uma média de 9 horas e 14 minutos conectados à internet.

É por conta desse e tantos outros motivos que as concessionárias devem romper com o tradicionalismo para investir em uma presença digital. O comprador dos seus veículos está online e por isso, a sua marca também precisa estar!

Como exemplo, podemos lembrar que o Brasil ainda conta com 140 milhões de usuários ativos em redes sociais — a grande maioria em plataformas como YouTube, Facebook, WhatsApp e Instagram.

É nesse sentido que o investimento em marketing se apresenta como uma oportunidade para criar vínculo com o seu cliente, moldando uma opinião favorável em torno da marca, mesmo que esse consumidor nunca tenha visitado a sua loja física. O marketing é a solução definitiva para estimular engajamento com a sua loja.

As 5 melhores dicas de marketing para concessionárias

Naturalmente, as concessionárias possuem um modelo de negócio que impossibilita a conversão direta, isto é, a jornada de compra inteiramente online, em que o consumidor é conquistado virtualmente e ali mesmo efetua a compra de seu carro.

Por conta disso, as estratégias devem se moldar a esse formato, sempre considerando que o fechamento do negócio exigirá uma visita presencial. Veja!

1. Inbound Marketing

Também conhecido como o marketing da atração, essa estratégia se distancia ao máximo da publicidade abrupta e descarada. Com o Inbound, todo o jogo é realizado de maneira lenta e consistente, conquistando a confiança e a satisfação do consumidor ao longo de um relacionamento saudável, por meio da troca de informações.

Nesse sentido, o Inbound Marketing acontece sempre que um cliente interage com a sua marca, acessando suas páginas nas redes sociais ou até mesmo o site ou blog da concessionária. É nesse momento que o negócio tem a oportunidade de nutrir a atenção desse consumidor, com a produção de conteúdos relevantes a esse público alvo.

Os conteúdos podem existir em vários formatos, como textos, vídeos e imagens, que devem abastecer as mídias sociais da concessionária. O importante é que os temas estejam alinhados com o interesse do consumidor, tais como assuntos relacionados a combustível, mercado, modelos, lançamentos, tendências e afins.

Para que a estratégia reverta bons resultados, é fundamental que a concessionária invista na gestão das suas mídias sociais, em uma ferramenta para a captação de leads em suas páginas, na produção de conteúdos e por fim, na contratação de uma plataforma que facilite o CRM — a gestão do relacionamento com o cliente.

2. Links patrocinados

Um link patrocinado nada mais é do que um formato de publicidade digital. Normalmente, esses serviços são contratados junto a mecanismos de buscas, como o Google o faz com o programa AdSense. Nessa estratégia, a concessionária define um orçamento diário e mensal para que o Google sugira a loja, sempre que o consumidor realize uma pesquisa com determinadas palavras-chaves, tal como “concessionária honda cidade”.

Aqui, vale notar que essa é uma solução altamente personalizável, permitindo que o usuário restrinja a visibilidade de seu anúncio geograficamente, além de configurar uma estratégia de faturamento apenas quando se tem resultados, como por exemplo, no formato PPC — pague por clique.

Para além disso, podemos incluir nessa dica os demais nichos de publicidade na internet. Hoje, já é possível anunciar um vídeo da sua concessionária no YouTube, impulsionar publicações no Instagram e também investir em vários formatos de exibição e publicidade no feed do Facebook. O importante aqui é se desenvolver em cada uma dessas estratégias, canalizando os recursos para aquelas que revertem os melhores resultados.

3. WhatsApp Marketing

Não há como negar que o WhatsApp é uma unanimidade no Brasil. Por conta disso, você deve aproveitar dos recursos dessa plataforma para profissionalizar a presença digital da sua marca. O primeiro passo é baixar o WhatsApp Business — a versão do app exclusiva para os empreendimentos.

A interface do aplicativo é fácil e intuitiva, refletindo em muito a versão convencional. Com isso, você pode utilizar a plataforma para atender os clientes com maior agilidade, gerenciar leads ou até mesmo, disparar campanhas de publicidade ou estratégias de fidelização, com a felicitação dos clientes em datas especiais ou comunicar condições imperdíveis na loja.

4. Presença digital

É fundamental que a sua marca tenha presença online, uma vez mais agora, em um tempo em que mais de 50% dos consumidores brasileiros utilizam sites e aplicativos para formar uma opinião e aprender sobre o produto que desejam comprar — Google Consumer Barometer 2014/2015.

É por conta disso que você deve aproveitar essa oportunidade para fazer com que a sua loja seja a referência regional online. Afinal de contas, essa é uma regra natural do mercado: se você não investir numa estratégia, o seu concorrente vai e assim, explorará uma vulnerabilidade no seu modelo de negócio.

Portanto, é crucial que a concessionária estude o perfil do consumidor padrão, com informações de escolaridade, renda média, idade, sexo e profissão. Com a avaliação correta, esses dados são valiosíssimos, pois possibilitam que você encontre o seu cliente onde ele realmente está, canalizando seus recursos nas redes e estratégias com a maior probabilidade de atenção e retorno.

5. Reputação digital

Por último e mais importante, temos uma estratégia essencial para a sobrevivência da sua concessionária no mercado. Antigamente, os consumidores penavam para descobrir a reputação e idoneidade de uma marca, estando vulneráveis a qualquer prática mal-intencionada causada pela falta de informação.

Com a transformação digital, o jogo mudou. Todo usuário que tenha uma opinião, tem também, um poder crítico, podendo avaliar positiva ou negativamente suas experiências com algum serviço ou estabelecimento. É aqui que entram as plataformas de avaliação baseadas na opinião do cliente, tais como:

  • o card no Google Search e Maps, com uma avaliação de 0 a 5;
  • a página do ReclameAqui, com uma avaliação de 0 a 10;
  • o perfil no Facebook, com uma avaliação de 0 a 5.

Para não espantar os clientes sem nem uma chance de conquistá-los, é fundamental garantir que a sua concessionária seja bem vista aos olhos do público. Para isso, você pode estimular a avaliação após selar negócios bem-sucedidos, demonstrando ao consumidor que a loja tem um constante interesse em satisfazer o mercado com a mesma qualidade com que esse indivíduo foi atendido.

Pois bem, você gostou deste conteúdo listando as melhores técnicas de marketing para concessionárias? Então aproveite para se manter antenado nas principais novidades e práticas desse mercado, assinando a nossa newsletter!

[rock-convert-cta id=”119″]

Mais notícias