6 dicas de como escolher o melhor software para lojas de moto

image

Gerenciar o cotidiano de uma concessionária de veículos pode ser uma tarefa complexa. Afinal de contas, falamos de um segmento mergulhado em estatísticas, exigindo um acompanhamento minucioso de todas as etapas da operação. Sendo assim, elaboramos este post para ajudar você na escolha de um software para lojas de moto.

O nosso objetivo é fazer com que você tenha as informações necessárias para a contratação de um bom serviço, garantindo que se identifique a solução mais compatível com o cotidiano do seu negócio. Portanto, não perca tempo, acompanhe a leitura e aprofunde-se no tema!

A importância de contar com um bom software de gestão

Eficiência e desenvolvimento: essas são as principais justificativas para investir na modernização da sua gestão. Caso contrário, você e seus funcionários sempre estarão limitados a um gargalo operacional, desperdiçando tempo e demais recursos na realização de processos repetitivos e que exigem pouca ou nenhuma capacidade estratégica — preenchimento de planilhas, relatórios e atividades afins.

Com uma plataforma dedicada à gestão da loja, as informações de vários departamentos são centralizadas em um único painel de controle, oferecendo estatísticas e insights valiosos para a tomada de decisão. Além disso, é característica fundamental de um bom software contar com várias funcionalidades inteligentes, simplificando:

  • o controle do estoque de veículos e peças;
  • o cálculo de financiamentos;
  • o acompanhamento da gestão do relacionamento com o consumidor — CRM;
  • a supervisão financeira, com a conciliação de cartões e contas bancárias;
  • o acompanhamento fiscal e contábil;
  • o controle operacional, abastecendo o gestor com um painel dedicado às estatísticas, aos gráficos e aos relatórios de performance.

As 6 melhores dicas para escolher um software para lojas de moto

Agora que você entende a importância dessa ferramenta, chega o momento de conhecer as características que distinguem uma solução boa de uma ruim. Acompanhe!

1. Considere os desafios e as necessidades da sua loja

Ainda que as concessionárias tendam a seguir um modelo de negócios padronizado no segmento — comercialização de veículos, peças e serviços de assistência técnica —, cada empresa conta com suas próprias particularidades em determinadas questões, como volume, diversificação do estoque, faturamento, complexidade fiscal e afins.

Por essa razão, o seu processo de escolha deve ser orientado em torno das características da sua concessionária. Embora seja um conselho bastante simples e lógico, vale lembrar que muitos gestores cometem o erro da negligência, selecionando qualquer plataforma na concepção de que são todas iguais.

2. Priorize os sistemas homologados

Essa é uma dica crucial para as concessionárias licenciadas. Caso você não saiba, é comum que as montadoras analisem o mercado e homologuem algumas soluções, por entenderem que essas são as ferramentas mais completas e integradas com o próprio sistema de fornecimento.

Por conta disso, esse selo atesta que a fabricante reconhece que essas são as plataformas com a maior compatibilidade com o seu negócio.

Sendo assim, a escolha do software ideal deve considerar esse ponto. Por exemplo, tratando-se da Honda, existem 7 sistemas DMS homologados pela montadora, que comprovaram compatibilidade tanto com o portal myHonda quanto com a filosofia da marca.

3. Considere o potencial de escalabilidade

Toda expansão resulta de uma estratégia equilibrada que conciliou visão, antecipação e planejamento. É nesse terceiro e último critério que o gestor considera os atributos necessários para crescer no futuro, organizando a operação para que, um dia, ela exerça seu potencial de desenvolvimento.

É exatamente isso que você deve fazer na escolha de um software, considerando a possibilidade de expansão futura. Para tanto, você deverá avaliar a capacidade de o sistema operar em larga escala, escolhendo uma ferramenta que consiga trabalhar com volumes muito maiores do que os seus números atuais.

Assim, você garante que, no momento de expandir, não precisará passar por situações inconvenientes, como a substituição de sistemas, preocupando-se apenas com a replicação do sucesso e das estratégias que deram certo.

4. Verifique a qualidade do suporte

Assim como uma apólice de seguro, o suporte é aquele tipo de recurso que você espera nunca usar — mas desesperadamente precisa quando se faz necessário. Por isso, é fundamental priorizar uma ferramenta bem reputada no mercado, com um suporte técnico ágil, prestativo, competente e disponível.

Assim, você terá a certeza de que será amparado nos raros momentos em que precisar, garantindo a resolução rápida de qualquer problema ou situação que poderia provocar prejuízos financeiros e produtivos para a sua loja.

5. Perceba o foco da ferramenta no seu segmento ou marca

Novamente, temos uma dica bastante lógica, mas, muitas vezes, ignorada. Softwares de gestão costumam se diferenciar bastante entre si, principalmente em alguns critérios, como interface de usuário, número de recursos, potencial de integração, qualidade técnica, desempenho e fatores afins.

Mas, para além de todos esses pontos, ainda existe a segmentação da plataforma, que orienta para qual público ela foi desenvolvida. Esse é um critério fundamental para definir a experiência do usuário, que tende a ser muito facilitada quando a ferramenta é projetada por desenvolvedores que estão cientes dos seus desafios cotidianos.

É por isso que essa é uma dica tão importante. Quando você prioriza o foco da ferramenta sobre o seu nicho comercial, acaba por escolher uma solução que entende as necessidades e urgências da sua loja, oferecendo uma interface de fácil utilização e os recursos perfeitos para alavancar o crescimento do negócio.

6. Avalie a usabilidade e a integração do serviço com a fábrica

Já aqui, temos uma dica complementar àquela de número 2 — priorize os sistemas homologados. Com um software reconhecido pela montadora, você garante que a ferramenta tenha boa integração com o portal de fornecimento da marca — um detalhe fundamental para otimizar o controle e a reposição de estoque.

A solução definitiva para os seus desafios gerenciais

É nesse contexto que apresentamos a Sisand com a resolução para todos os desafios da sua loja. Afinal de contas, acumulamos a experiência de uma equipe altamente especializada — tanto no setor automotivo quanto no segmento de TI. Com essa fórmula, a empresa se alavanca no mercado com 14 anos de referência, inovação e proatividade.

Nesse sentido, apresentamos um leque completo de soluções para o segmento comercial de veículos, oferecendo todas as qualidades orientadas neste texto. Hoje em dia, a Sisand disponibiliza as 5 ferramentas mais completas e renomadas do mercado:

  • o Vision, uma plataforma de gestão integral, atendendo a todo tipo de demanda que você tenha;
  •  o Datamotor, uma interface de Business Intelligence dedicada à otimização do seu negócio;
  • o Agile Supply, o módulo exclusivo para um controle de estoque enxuto, produtivo e eficiente;
  • o Mobile Sisand, uma plataforma para o monitoramento da operação por meio do smartphone;
  • o Cloud Sisand, a estratégia de armazenamento que garante a confiabilidade da nuvem e a disponibilidade de uma infraestrutura física.

Controle, previsibilidade e eficiência. No fim das contas, essas são as qualidades aprimoradas no cotidiano da empresa que conta com ferramentas modernas, inteligentes e automatizadas em sua gestão, garantindo, assim, a competitividade de que você tanto precisa para se destacar no mercado regional.

Portanto, não perca a oportunidade de escolher o melhor software para lojas de moto em todo o mercado. Entre agora em contato com a nossa equipe, descobrindo como as nossas soluções podem alavancar os seus resultados!

Mais notícias