Como reduzir custos na sua concessionária?

image

Normalmente, a gestão de uma concessionária tende a ser um desafio constante. Afinal de contas, esse é um segmento carregado pela competitividade, exigindo criatividade estratégica dos administradores para elaborar promoções, abordagens e formas de conquistar o público.

Com isso em mente, elaboramos este post importante sobre o tema. O nosso objetivo aqui é facilitar um dos maiores dilemas no cotidiano desse empreendimento, demonstrando como reduzir custos. Para isso, segmentamos o conteúdo em duas categorias, explicando a importância da prática e listando as melhores dicas para atingir esse objetivo. Acompanhe!

Qual a importância da redução de custos para as concessionárias?

Assim como em qualquer outra empresa, contar com um caixa operacional mais folgado abre uma série de oportunidades para reinvestir no próprio negócio. Nesse sentido, a economia promovida pela redução de custos acaba tendo influência direta na capacidade de alavancagem do empreendimento, que corta gastos supérfluos e passa a receber recursos em áreas que precisam de melhorias.

Como reduzir custos em uma concessionária?

Sendo assim, a concessionária colhe dois tipos de benefícios em seus resultados, ora com melhorias operacionais, ora com o aumento da satisfação dos consumidores. Basicamente, isso acontece após a aplicação cirúrgica de investimentos em áreas que reduzam o tempo de espera ou eliminem etapas burocráticas e/ou pouco eficientes do seu processo de vendas. Agora, veja as melhores dicas para a redução de custos!

Faça a aquisição de um software

A primeira e mais lógica de todas é a adoção de tecnologia aplicada. Em um primeiro momento, essa sugestão pode ser um pouquinho contraintuitiva para alguns gestores, pois estamos sugerindo um investimento na seção de redução de custos, mas essa é a realidade.

Afinal de contas, os softwares de gestão são famosos justamente por tornarem o seu cotidiano operacional mais enxuto, eliminando etapas, reduzindo a ociosidade, aumentando o nível de integração entre os vários departamentos e automatizando boa parte do controle estatístico da sua concessionária.

Portanto, a nossa primeira dica é pontual para que você adote alguma plataforma de gestão para a sua loja, selecionando um produto completo, capaz de gerenciar o fluxo de caixa e do estoque, monitorar o desempenho da sua estratégia de CRM e auxiliar seus vendedores com as informações centralizadas, agilizando a simulação de financiamentos.

Corte os gastos

Já aqui, temos a abordagem mais imediata de todas. Geralmente, o corte de gastos é uma prática empregada em momentos de dificuldade operacional, em que o caixa da empresa deve ser consideravelmente enxugado, garantindo sua capacidade de sobreviver ao período difícil.

Em regra, esse corte tende a eliminar gastos declaradamente desnecessários, sendo um pente fino sobre os custos operacionais da concessionária. Na boa parte das vezes, esses cortes não acontecem de maneira isolada, mas acompanhados por substituições inteligentes.

Digamos que a concessionária tenha um gasto com TV por assinatura para exibições nas salas de espera. Esse gasto pode ser substituído pela assinatura de um serviço, como a Netflix ou a Amazon Prime, exibindo documentários específicos sobre o universo automotivo, ou ainda, completamente eliminado, passando a exibir materiais publicitários da própria montadora.

Busque a conscientização corporativa

Mas, para além dos gastos evidentemente desnecessários, também existe o fator humano, em que os funcionários são os agentes do desperdício. Com isso em mente, a redução de custos também pode ser facilitada por meio da conscientização da equipe, discutindo a importância do uso ponderado de todos os recursos oferecidos pela empresa.

Aqui, incluímos literalmente todos os recursos, recomendando moderação no consumo de itens plásticos, água, eletricidade, minutos de telefonia e afins. Ainda que esses elementos tenham um baixo custo isolado, assim que eles são somados e agigantados pelo volume de um todo, acabam representando uma fatia expressiva do orçamento.

Com a conscientização, a concessionária consegue readequar o comportamento da equipe, garantindo que melhores práticas sejam empregadas no consumo dos bens e recursos fornecidos pela empresa. Com o esforço colaborativo de todos os funcionários, os custos gerais podem ter uma redução de até 10%.

Opte por terceirizações estratégicas

Já aqui, temos uma solução em crescente popularização entre as empresas. Como você bem sabe, a terceirização é um formato alternativo para a contratação de prestadores de serviço, garantindo que você tenha a mesma produtividade de um colaborador CLT, mas com um custo consideravelmente menor sobre a sua folha de salários.

Isso é possível porque a terceirização é um contrato que não constitui relação empregatícia, desobrigando a concessionária de arcar com obrigações tributárias e previdenciárias sobre a ação do contratado. Mas, como era de se esperar, a terceirização não é o regime adequado para todos os seus colaboradores, mas, sim, para os departamentos de aplicação mais eventual.

Como exemplo, podemos citar os profissionais de TI e design gráfico. Quando sua operação é um pouco menor e mais enxuta, os serviços desses colaboradores acabam sendo bem exigidos com menor frequência, possibilitando a contratação de um terceiro apenas nos momentos necessários, como na ilustração de artes promocionais ou, ainda, na resolução de problemas técnicos nas máquinas.

Promova capacitações

De maneira geral, a redução de custos costuma ser uma consequência positiva da eficiência operacional. Basicamente, quanto melhor e mais rapidamente a sua equipe trabalha, menores os custos necessários para mantê-la operando. É com isso em mente que o bom gestor deve considerar investir no próprio time.

Assim como o investimento em tecnologia, aplicar recursos no desenvolvimento da equipe também reverte um impacto direto sobre a sua operação, reduzindo o tempo de atendimentos presenciais e por telefone, agilizando o processo de persuasão para uma venda e aumentando a ociosidade.

Mas, obviamente, essas qualidades não podem ser alcançadas apenas com um voto de confiança sobre o seu time, após um discurso motivacional. Em essência, para que ele tenha uma performance melhor, é fundamental que, antes, seja composto por profissionais melhores.

Isso pode ser alcançado após a realização de cursos de técnicas aplicadas, ensinando conceitos e práticas de venda consultiva, atendimento humanizado, escuta ativa e uma série de outras áreas, que podem ser ensinadas por meio de palestras, seminários e afins.

Pois bem, você gostou deste post explicando como reduzir custos no cotidiano da sua concessionária? Então, não perca a chance de demonstrar à sua equipe a importância desse tema, aproveitando para compartilhar este conteúdo diretamente nas suas redes sociais!

Mais notícias